domingo, 1 de novembro de 2009

A primeira Prece...

Na madrugada o homem, sequioso de aventuras, chegou ao deserto de Gila, no Novo México.
Estacionou o caminhão e iniciou a caminhada de 32 quilômetros, para se encontrar em um acampamento, com seu grupo de alunos.
O verão era implacável e o sol ardia como fogo. O professor começou a sentir que as botas não eram as ideais para aquele clima. Parou, arejou os pés, colocou outras meias, acelerou o passo, reduziu a marcha. Nada funcionou.
Ao cair da noite, chegou ao acampamento. Os pés estavam uma chaga viva. Eram bolhas e machucados o que viu quando descalçou as botas.
Apesar de tudo nada comentou com ninguém.
Dialogou com os instrutores e com os garotos. A madrugada o surpreendeu em repouso.
Quando a manhã se fez clara, veio o alarme. Um dos garotos sumira.
O professor sentiu o peso da responsabilidade, antevendo as ameaças do deserto cruel que o menino iria enfrentar. Calçou as botas outra vez e teve a impressão de estar andando sobre vidro quente. Tropeçou, arrastou os pés. Tentou pensar em algo para se distrair, esquecer a dor. Tudo em vão.
A dor foi se tornando sempre maior, insuportável.
Finalmente, ele alcançou a trilha que saía de uns arbustos e seguiu direto ao rio que descia das montanhas, através de sombrios desfiladeiros.
Ao ver a água, colocou os pés calçados dentro dela. Esperava alívio mas a sensação foi de milhares de agulhadas perfurando-lhe as bolhas.
Deixou escapar um grito estridente do peito e se jogou na água, por inteiro. A dor aumentou.
Não havia solução. Ele não conseguia mais andar e onde se encontrava, com certeza demoraria dias para ser encontrado. E o garoto? Era preciso encontrar o garoto.
Uma idéia tomou vulto em seu cérebro e ele começou a implorar, até sua voz ecoar num brado sempre mais alto:
Um cavalo. Por piedade. Preciso de um cavalo.
Depois, como um lamento, colocou toda sua alma na palavra seguinte:
Jesus!
E prosseguiu repetindo:
Jesus. Um cavalo. Jesus.
Era a primeira vez que orava.
Um cavalo apareceu. Era real. Não era alucinação. Ele o montou por toda a noite, até encontrar o garoto.
Cedo, dois vaqueiros procuraram o animal que lhes fugira, não saberiam eles dizer o porquê.
Mas o professor sabia. Sua prece fora ouvida e atendida. Por isso, emocionado, ali mesmo, pronunciou a segunda prece de sua vida: a prece da gratidão.
* * *
A oração deveria fazer parte de nossa vida.
Orar jamais deveria ser nosso último recurso, mas o primeiro a ser buscado.
A prece movimenta profundas forças que concorrem para reverter quadros enfermiços, enquanto alimenta com novo vigor a esperança e restabelece o bom ânimo.

Redação do Momento Espírita com base no artigo Minha única prece, publicado na Revista Seleções Reader´s Digest, de junho/1998. Em 23.10.2009
Mensagem enviado por email pelo meu amigo Fabiano

5 opiniões:

Wanderley Elian Lima disse...

Realmente Érica, o poder da oração é ilimitado, quando oramos com fé sentimos Deus perto de nós. Lindo texto.
Beijos

Déia disse...

Uau! Que lindo... meus olhos estão cheio de lágrima!

hj falo sobre mulheres, no blog q fui convidada, Adoraria te ver por lá!

bjs

http://aceuabertodaboca.blogspot.com/

Luna Sanchez disse...

Ah, que lindo, moça! E a imagem, também, muito bem escolhida.

Sempre gosto de vir aqui, sabia? ^^

Beijos,

ℓυηα

Luciana P. disse...

E dizer que tiramos pouco tempo pra isso. Infelizmente, priorizamos tantas outras coisas que acabamos esquecendo da leveza do espírito.

Beijos!

王俞穎 disse...

meme104視訊
UT視訊聊天室
8dgo視訊聊天網
MBOX視訊網
夏娃視訊聊天網
夏娃視訊
免費視訊聊天交友網
showlive聊天網
視訊交友戀愛ING
后宮電影院
后宮
打飛機專用網
嘟嘟成人網
伊莉論壇
免費一片
美女視訊
伊莉論壇首頁
伊莉視頻影片區
eney伊莉論壇首頁
85街官網
85街
85ST
85ST影城
85CC
go2av
hi5交友
洪爺
洪爺影城
洪爺情色網
色情市場
麗的情小遊戲
麗的小遊戲
麗的娛樂網
壇蜜寫真集
色視訊
ING視訊聊天網
ING視訊側錄
國外免費視訊
金瓶梅視訊美女
網路視訊美女
免費視訊軟體
UT視訊聊天交友
手機視訊交友
網路視訊交友
美女視訊直播
手機視訊交友應用
后宮影音聊天網
成人聊天室
情色聊天室
色情聊天室